Bioimpedância

A importância do exame de bioimpedância no tratamento da obesidade

O exame de bioimpedância é uma das técnicas mais eficazes para detecção da gordura corporal em excesso. Tal ferramenta é essencial para aqueles que lutam contra a obesidade, uma das doenças mais comuns da atualidade. Somente no Brasil, ela afeta cerca de 2 milhões de pessoas. 

A obesidade é multifatorial, uma vez que resulta da interação do estado de humor, estresse, patologias, herança familiar, estilo de vida, dentre outros. Mesmo assim, com persistência e assistência especializada, é possível vencê-la. O primeiro passo para isso é reconhecer a necessidade de ajuda e fazer a avaliação com o médico especialista. 

Existem várias técnicas capazes de auxiliar no diagnóstico dessa patologia. Por exemplo, a medida de IMC correlaciona o peso e a altura, determinando o grau de adiposidade (gordura) corporal. Contudo, apesar de ser de fácil acesso, tal cálculo não distingue massa magra de gordurosa, nem a quantidade de gordura visceral (prejudicial para a saúde) do paciente. 

Já a bioimpedância, ou impedanciometria elétrica, consiste em um novo método utilizado pelos profissionais de saúde que categoriza a composição corporal de modo bastante minucioso. A seguir, vamos entender como funciona. 

Como funciona o exame de bioimpedância?

O exame se baseia no fato de o organismo ser composto por água e íons elétricos, que conduzem correntes elétricas. O tecido adiposo impõe resistência à passagem dessa energia, já a musculatura esquelética, rica em água, conduz com muita facilidade. Durante a realização do teste, uma corrente elétrica alternante – o paciente não sente nada, pois a corrente é muito fraca – passa pelo corpo e são anotados os valores obtidos. 

Após isso, a impedância é calculada por meio de dois fatores. O primeiro, chamado de resistência, significa a voltagem perdida através do corpo e depende da quantidade de água presente. Já o segundo, denominado reatância, traduz o montante de energia acumulada ao percorrer o organismo. Esses fatores são ajustados em fórmulas matemáticas e são capazes de determinar a massa gorda, massa livre de gordura, água corporal total e gordura visceral do paciente.

Diferenças entre os modelos de bioimpedância

Os aparelhos octopolares multifrequenciais são menos influenciados por fatores externos, contudo, apresentam maior complexidade de execução e maior custo, sendo destinados a idosos e crianças, cujas medições devem ser mais complexas. 

Os modelos mais utilizados são os tetrapolares. Eles conjugam resistência e reatância com outros fatores, como idade, sexo, raça, peso e altura, em equações matemáticas preestabelecidas. Com isso, são estimadas massa magra, massa gordurosa, água corporal, diferença entre o peso de estruturas e valores do metabolismo basal do indivíduo. 

É o método ideal para a maioria da população, por predizer, com grande exatidão, os parâmetros antropométricos e metabólicos. Contudo, para sua realização, são necessários alguns cuidados que serão exemplificados adiante. 

Quais os fatores que afetam o resultado?

Os exames tetrapolares podem ser afetados pela temperatura ambiente, realização de atividade física, consumo de bebidas, alimentos e ciclo menstrual da mulher.

São necessários cuidados prévios ao exame?

Alguns cuidados são necessários ao se realizar a impedanciometria elétrica. São eles:

  • Jejum de 4 horas;
  • Ausência de atividades físicas por 12 horas;
  • Abstinência alcoólica por 24 horas;
  • Interromper o uso de diuréticos por 7 dias, se possível;
  • Mulheres devem realizar o exame durante o 7º e 21º dia do ciclo menstrual. 

Importância da avaliação com o método

A tecnologia vem crescendo em nosso dia a dia e constitui uma grande aliada ao avanço da medicina. O exame de bioimpedância é um forte exemplo disso, pois, a partir de um método rápido, indolor e seguro o paciente pode ser avaliado como um todo. Desse modo, o médico especialista consegue atuar de forma mais individualizada, a fim de promover resultados mais satisfatórios para o paciente. 

 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como médica  em Marcelino Ramos!

Avatar

Posted by Caroline